terça-feira, 7 de setembro de 2021

Bolsonaro na Avenida Paulista: "Só Deus me tira de lá, só saio preso, morto ou na vitória."

 

Foto: Marcos Corrêa/PR

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) subiu o tom em seu discurso, há pouco, na Avenida Paulista, em São Paulo. Diante dos apoiadores, o chefe do Executivo voltou a desacreditar o sistema eleitoral e fez críticas diretas aos ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) Alexandre de Moraes e Luís Roberto Barroso.

"Nós queremos contagem pública dos votos, limpas, auditáveis. Não posso participar de uma farsa", disse sobre as eleições. Especificamente sobre Moraes, chegou a falar: "Ou ele é enquadrado ou pede para sair."

Bolsonaro também disse que "não se importa com o conforto, com as benesses dos palácios de Brasília". Sobre a Presidência, reafirmou: "Só Deus me tira de lá, só saio preso, morto ou na vitória."

O presidente também declarou que a reação a ele acontece "porque está mudando o Brasil" e abordou ter "uma fotografia para mostrar para o Brasil e para o mundo" ao se referir à grande quantidade de apoiadores na Avenida Paulista.

Marcado por falas fortes, seu discurso durou aproximadamente 20 minutos.

Informações Blog do Magno Martins


Nenhum comentário:

Postar um comentário