segunda-feira, 6 de setembro de 2021

Diogo bate pesado em agenda de Bolsonaro no Polo de Confecções: "Quase 590 mil brasileiros mortos pela Covid-19 e esse sujeito passeando de moto, fazendo campanha eleitoral antecipada"

O deputado estadual Diogo Moraes avaliou a passagem do presidente da república, Jair Bolsonaro, pelo agreste pernambucano. Bolsonaro participou no último sábado de uma motociata, organizada pelo Moto Clube ‘Moto Cristo’, entre as cidades de Santa Cruz do Capibaribe e Caruaru. O evento teve como local de partida o Moda Center Santa Cruz e como ponto de dispersão o Polo Caruaru.

Segundo Diogo, o presidente não anunciou nada de concreto para a região do Polo de Confecções. “Ele não anunciou absolutamente nada para o Polo de Confecções, não foi recebido pelos prefeitos de Santa Cruz (Fábio Aragão) e Caruaru (Raquel Lyra) e simplesmente ignorou o prefeito de Toritama, Edilson Tavares. Deu atenção apenas a alguns poucos empresários locais e fez um discurso em Caruaru recheado de ódio, onde mais uma vez xingou aqueles que não concordam com a sua forma de gerir a nação, como também, ameaçou mais uma vez o Supremo Tribunal Federal, mandando ‘recados’ para ministros daquela Corte, desrespeitando completamente as instituições”, disse Diogo.

Mais adiante Diogo frisou os gastos ocasionados pelas motociatas promovidas pelo presidente em todo o país. “Por onde ele passa deixa um rastro de gastos, como já aconteceu em São Paulo no mês de junho, onde a Secretaria da Segurança Pública daquele estado informou que foram gastos mais de 1 milhão de reais com o reforço no policiamento para a motociata de lá, e no Rio de Janeiro, onde somente em gastos de salários dos agentes envolvidos, considerando apenas as 6 horas usadas no evento ocorrido lá, a estimativa é um custo de quase 500 mil reais”, falou e emendou, “O que me deixa revoltado é que no final das contas somos nós que pagamos essa conta, pagamos a fatura de uma farra política”.

“Quase 590 mil brasileiros mortos pela Covid-19, gás de cozinha custando cem reais, gasolina a mais de 6 reais o litro, o quilo da carne a mais de 40 reais, óleo de soja, arroz, tudo, enfim tudo mais caro, a vida do trabalhador mais difícil, milhões de desempregados e esse sujeito passeando de moto, fazendo campanha eleitoral antecipada, tripudiando da cara do povo brasileiro”, assim findou o deputado estadual Diogo Moraes.

Informações Blog do César Mello



Nenhum comentário:

Postar um comentário