quarta-feira, 17 de novembro de 2021

Armando: Relatório do TCE é retrato da incompetência

Para o ex-senador Armando Monteiro (PSDB), o relatório divulgado, hoje, pelo Tribunal de Contas do Estado (TCE-PE), que revelou um total de 1.754 obras inacabadas ou com indícios de estagnação, é um retrato contundente da incompetência e do descaso administrativo reinante em Pernambuco.

No relatório, o TCE-PE mostra que as obras paralisadas ou com sinais de estagnação envolvem contratos nos valores de R$ 8,68 bilhões, dos quais R$ 2,5 bilhões já foram gastos, sem retorno à população. Dentre as obras que se arrastam há anos, sob responsabilidade da gestão estadual, estão a Adutora do Agreste, os Corredores Norte-Sul e o Corredor Leste-Oeste, quatro das cinco barragens que seriam construídas para evitar inundações na Mata Sul, e o Hospital da Mulher de Caruaru.

Veja declaração de Armando sobre as obras paradas e inacabadas em Pernambuco:

“O relatório do TCE-PE é um retrato insuspeito e contundente da inépcia, da incompetência e do descaso administrativo reinante em Pernambuco. O Governo do Estado faz propaganda massiva vendendo um plano de desenvolvimento que se apoia apenas em anúncios grandiloquentes, sem nenhuma aderência à realidade. É um caso que vai passar para os anais, um Governo que anuncia um plano de desenvolvimento apenas ao final de seu período administrativo. O povo de Pernambuco já identifica que isto serve claramente a interesses eleitorais”.

Informações Blog do Magno Martins


 

Nenhum comentário:

Postar um comentário