quarta-feira, 22 de dezembro de 2021

Lula tem 40% e Bolsonaro 30% no 1º turno, diz PoderData

 

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) teria 40% dos votos em 1º turno contra 30% de Jair Bolsonaro (PL) se as eleições fossem hoje. O dado é de pesquisa PoderData realizada de 19 a 21 de dezembro de 2021.

Os 2 são seguidos pelo ex-juiz da Lava Jato Sergio Moro (Podemos), que marca 7%, tecnicamente empatado com Ciro Gomes (PDT) e João Doria (PSDB), com 4% cada. A margem de erro da pesquisa é de 2 pontos percentuais, para mais ou para menos.

Para vencer no 1º turno, Lula teria de ter mais do que a soma de seus adversários. Hoje, os candidatos têm 49%. Há 1 mês, Lula pontuava 34% em um cenário ligeiramente diferente – na época, o PoderData testava os nomes de Luiz Mandetta (DEM) e Cabo Daciolo (Brasil 35), que depois deram indicação de que devem ficar de fora da corrida pelo Planalto. Nesta rodada, foram incluídos 2 novos pré-candidatos: Simone Tebet (MDB) e André Janones (Avante).

A pesquisa foi realizada por meio de ligações para telefones celulares e fixos. Foram 3.000 entrevistas em 494 municípios nas 27 unidades da Federação de 19 a 21 de dezembro de 2021.

Para chegar a 3.000 entrevistas que preencham proporcionalmente (conforme aparecem na sociedade) os grupos por sexo, idade, renda, escolaridade e localização geográfica, o PoderData faz dezenas de milhares de telefonemas.

Muitas vezes, mais de 100 mil ligações até que sejam encontrados os entrevistados que representem de forma fiel o conjunto da população. A margem de erro é de 2 pontos percentuais.

A última rodada do PoderData do ano indica que Lula e Jair Bolsonaro seguem isolados no cenário de 1º turno, com os candidatos da chamada “3ª via” bem atrás.

DIVERGÊNCIAS EM PESQUISAS – Nas últimas semanas, diversas empresas têm divulgado pesquisas com resultados distintos. As diferenças de metodologia (pesquisa pessoal, face a face, por telefone, com voz gravada etc.) explicam as divergências entre os resultados. O PoderData faz os seus levantamentos por telefone. O entrevistado atende a ligação, ouve as perguntas gravadas (sempre com a mesma voz) e responde teclando os números do aparelho. Clique aqui e confira a pesquisa na íntegra.

Informações Poder 360 / Magno Martins


Nenhum comentário:

Postar um comentário